Um manual para o caminho da vida

Um manual para o caminho da vida

1] O caminho começa com uma encruzilhada.

Na encruzilhada, você pode parar e pensar em qual direção seguir. Mas não gaste muito tempo pensando ou nunca sairá do lugar. Depois de ter dado o primeiro passo, esqueça a encruzilhada para sempre ou você sempre se torturará com a pergunta inútil: “tomei o caminho certo?”?

2] O caminho não dura para sempre.

É uma bênção percorrer o caminho por algum tempo, mas um dia ele chegará ao fim, por isso esteja sempre preparado para deixá-lo a qualquer momento. Não fique muito acostumado a nada. Nem para as horas de euforia, nem para os intermináveis ​​dias em que tudo parece tão difícil e o progresso é tão lento. Não se esqueça de que, mais cedo ou mais tarde, um anjo aparecerá e sua jornada chegará ao fim.

3] Honre seu caminho.

Foi a sua escolha, a sua decisão, e assim como você respeita o chão em que você pisa, esse chão respeitará seus pés. Sempre faça o que é melhor para conservar e manter o seu caminho e ele fará o mesmo por você.

4] Esteja bem equipado.

Leve um pequeno ancinho, uma pá, um canivete. Entenda que os canivetes não são úteis para folhas secas, e os ancinhos são inúteis para ervas arraigadas. Saiba também qual ferramenta usar em cada momento.

5] O caminho vai para frente e para trás.

Às vezes você tem que voltar porque algo foi perdido, ou então uma mensagem a ser entregue foi esquecida no seu bolso. Um caminho bem cuidado permite-lhe voltar sem grandes problemas.

6] Cuide do caminho antes de cuidar do que está ao seu redor.

Não se distraia com as folhas secas nas bordas ou pela maneira como outras pessoas cuidam de seus caminhos. Use sua energia para cuidar e conservar o terreno que aceita seus passos.

7] Seja paciente.

Às vezes, as mesmas tarefas precisam ser repetidas, como arrancar ervas daninhas ou fechar buracos que aparecem depois de chuvas inesperadas. Não deixe que isso te incomoda - isso faz parte da jornada.

8] caminhos cruzam.

As pessoas podem dizer como está o tempo. Ouça conselhos e tome suas próprias decisões. Você é o único responsável pelo caminho que foi confiado a você.


Receba as últimas notícias do InnerSelf


9] A natureza segue suas próprias regras.

Desta forma, você tem que estar preparado para mudanças repentinas no outono, gelo escorregadio no inverno, as tentações das flores na primavera, sede e chuvas no verão. Aproveite ao máximo cada uma dessas estações e não reclame sobre suas características.

10] Faça do seu caminho um espelho de si mesmo.

De maneira alguma deixe-se influenciar pelo modo como os outros se importam com seus caminhos. Você tem a sua alma para ouvir, e os pássaros para contar o que sua alma está dizendo. Deixe suas histórias serem bonitas e agradáveis ​​para tudo ao seu redor. Acima de tudo, deixe as histórias que sua alma conta durante a jornada serem ecoadas a cada segundo do caminho.

11] Ame seu caminho.

E que o Senhor o guie e ajude a você todos os dias.

Este artigo foi reimpresso, de
O site de Paulo Coelho, com gratidão.

Livro deste autor

Guerreiro da Luz: Um Manual de Paulo Coelho

Guerreiro da Luz: Um Manual
por Paulo Coelho.

O guerreiro da luz: um manual nos convida a viver nossos sonhos para abraçar a incerteza da vida e elevar-nos ao nosso próprio destino único. Em seu estilo inimitável, Paulo Coelho mostra aos leitores como embarcar no caminho do Guerreiro: aquele que aprecia o milagre de estar vivo, aquele que aceita o fracasso, e aquele cuja busca o leva a ser a pessoa que ele quer ser .

Clique aqui para mais informações e / ou para encomendar este livro na Amazon.

Sobre o autor

Paulo Coelho, autor do artigo: O Inimigo Interior: Governado pelo Medo e a Necessidade de SegurançaPaulo Coelho é autor de numerosos livros, dos quais o primeiro a se tornar um sucesso, O Alquimista passou a vender mais de 65 milhão de cópias, tornando-se um dos livros mais vendidos da história. Foi traduzido em mais de 70 línguas, o 71st ser maltês, vencendo o Guinness World Record para o livro mais traduzido por um autor vivo. Desde a publicação do O Alquimista, Paulo Coelho tem geralmente escrito um romance a cada dois anos, incluindo Pela margem do rio Piedra eu sentei e chorei, O Monte Cinco, Veronika Decide Morrer, O Demônio ea Srta Prym, Onze Minutos, Como o Rio Fluir, As Valkírias e A Bruxa de Portobello. Visite seu Web site em www.paulocoelho.com

enafarzh-CNzh-TWnltlfifrdehiiditjakomsnofaptruessvtrvi

siga InnerSelf on

facebook-icontwitter-iconrss-icon

Receba as últimas por e-mail

{Emailcloak = off}