Por que a água limpa e acessível não deve estar nas mãos de empresas privadas

água para lucro 8 28
 Shutterstock/Nigel J. Harris

As companhias de água da Inglaterra entraram para alguns pesada crítica este Verão. Um extremamente julho seco levou a estado de seca sendo declarados em muitas áreas, enquanto 3 bilhões de litros de água estão perdidos através de vazamentos todos os dias.

Essas empresas também foram criticadas pela poluição que causam, com apenas 14% dos rios ingleses atingir o “bom” estado ecológico. Aumentar o lançamento de esgoto em rios e mares é um grave problema de saúde pública, com a Agência do Meio Ambiente pedindo penas de prisão para os responsáveis ​​pelos incidentes mais graves.

Enquanto isso, acionistas e investidores obtiveram retornos significativos. Nos 12 anos até 2021, as nove empresas de água e esgoto da Inglaterra pagaram uma média de £ 1.6 bilhão por ano em dividendos. O salário dos diretores também disparou. O novo CEO da Thames Water recebeu £ 3.1 milhões “olá de ouro” quando entrou em 2020.

Nossas Pesquisa mais recente examina a forma como os investidores de capital privado passaram a dominar a propriedade das empresas de água da Inglaterra - e como eles operam com consideravelmente menos transparência do que as empresas de capital aberto e uma abordagem mais agressiva para extrair lucro.

Esses altos níveis de dividendos, pagamento de diretores (e financiamento de dívidas, que podem tornar algumas das empresas cada vez mais precárias à medida que as taxas de juros aumentam) são todos pagos pelos consumidores de água. Muitos desses clientes lutam para pagar, e a crise do custo de vida só os colocará sob ainda mais pressão.

Em geral, então, o sistema de água inglês funciona por meio de famílias comuns financiando retornos generosos para acionistas amplamente desconhecidos por meio de estruturas corporativas complexas, muitas vezes encaminhadas por paraísos fiscais, simplesmente por meio do consumo de água.

Então, o que aconteceu com a regulamentação em tudo isso? Em nosso artigo, argumentamos que o processo regulatório – que na Inglaterra envolve três agências distintas responsáveis ​​pela qualidade, impacto ambiental e preços – enfrenta desafios significativos para alcançar um equilíbrio justo entre os interesses dos investidores, consumidores e meio ambiente.

As empresas de água motivadas pelo lucro precisam receber incentivos financeiros para operar no interesse social mais amplo. Os preços que podem cobrar dos clientes são baseados em estimativas de custos futuros e no cumprimento de certas metas relativas à qualidade da água, incidentes de poluição, vazamentos e consumo.

Isso pode produzir resultados bizarros. Por exemplo, o governo quer ver o consumo de água cair de cerca de 140 litros por pessoa por dia para 110 litros até 2050. Se isso acontecer, as companhias de água poderão aumentar os preços. Efetivamente, então, todos nós acabaríamos pagando a eles uma recompensa por alcançar nossa própria redução de consumo.

Enlouquecendo a água

Tudo isso contribui para um modelo de negócios muito incomum. Afinal, não é como se um cliente insatisfeito pudesse simplesmente optar por obter sua água de outra fonte.


 Receba as últimas por e-mail

Revista Semanal Melhor da Semana

E nosso artigo mostra que a atual estrutura regulatória não é páreo para as práticas sofisticadas de financiamento privado. Ele enfrenta uma tarefa incontrolável.

Esforços para inclinar a balança em favor dos consumidores inevitavelmente atingem os investidores, e isso encontra resistência. Algum relatórios encontraram um viés sistêmico em relação aos investidores na regulamentação de infraestrutura.

Nenhum outro país seguiu o exemplo inglês, e em outros lugares a água está em grande parte no setor público. Paris pegou sua água de volta em propriedade pública em 2010 após 25 anos de controle privado. No ano seguinte, o preço unitário da água foi reduzido em 8% como resultado da economia com a gestão pública.

Mudar para propriedade pública não é simples, mas um estudo recente sugere que está se tornando cada vez mais popular na Europa. Nem seria barato, mas, a longo prazo, é provável que haja economia de custos com o reinvestimento dos lucros, e a propriedade pública deve levar a uma maior transparência.

O arranjo atual não está funcionando. Simplificando, é impossível moldar incentivos de lucro privado para atender ao interesse público pela água. À medida que os eventos climáticos extremos devem aumentar, a água precisa ser de propriedade pública para garantir que os resultados sociais e ambientais possam ser priorizados em relação aos lucros privados.

A água da Inglaterra foi privatizada com uma fé ideológica na eficiência do setor privado. Mas há uma grande inconsistência política na forte dependência do setor público para orientar as empresas de água em direção a objetivos sociais e ambientais. Após 33 anos, o experimento da propriedade privada falhou.A Conversação

Sobre o autor

Kate Bayliss, Pesquisador Associado, Departamento de Economia, SOAS, Universidade de Londres

Este artigo foi republicado a partir de A Conversação sob uma licença Creative Commons. Leia o artigo original.

Livros recomendados:

Capital do Século XXI
por Thomas Piketty. (Traduzido por Arthur Goldhammer)

Capital na capa dura do século XXI por Thomas Piketty.In Capital no século XXI, Thomas Piketty analisa uma coleção única de dados de vinte países, desde o século XVIII, para descobrir os principais padrões econômicos e sociais. Mas as tendências econômicas não são atos de Deus. A ação política acabou com as desigualdades perigosas no passado, diz Thomas Piketty, e pode fazê-lo novamente. Uma obra de extraordinária ambição, originalidade e rigor, Capital do Século XXI reorienta nossa compreensão da história econômica e nos confronta com lições moderadoras para hoje. Suas descobertas vão transformar o debate e definir a agenda para a próxima geração de pensamento sobre riqueza e desigualdade.

Clique aqui para mais informações e / ou para encomendar este livro na Amazon.


A fortuna da natureza: como os negócios e a sociedade prosperam investindo na natureza
por Mark R. Tercek e Jonathan S. Adams.

A fortuna da natureza: como os negócios e a sociedade prosperam investindo na natureza por Mark R. Tercek e Jonathan S. Adams.Qual é a natureza vale a pena? A resposta a esta pergunta-que tradicionalmente tem sido enquadrado em termos ambientais, está revolucionando a maneira como fazemos negócios. Dentro Fortune da naturezaMark Tercek, CEO da The Nature Conservancy e ex-banqueiro de investimentos, e o escritor de ciência Jonathan Adams argumentam que a natureza não é apenas a base do bem-estar humano, mas também o investimento comercial mais inteligente que qualquer empresa ou governo pode fazer. As florestas, várzeas e os recifes de ostras, muitas vezes vistos simplesmente como matéria-prima ou como obstáculos a serem eliminados em nome do progresso, são de fato tão importantes para nossa prosperidade futura quanto a tecnologia ou a lei ou a inovação empresarial. Fortune da natureza oferece um guia essencial para o bem-estar econômico e ambiental do mundo.

Clique aqui para mais informações e / ou para encomendar este livro na Amazon.


Além Outrage: O que deu errado com a nossa economia e nossa democracia, e como corrigi-lo -- por Robert B. Reich

Além OutrageNeste livro oportuno, Robert B. Reich argumenta que nada de bom acontece em Washington, a menos que os cidadãos são energizados e organizados para fazer atos certeza de Washington no bem público. O primeiro passo é ver a imagem grande. Além Outrage liga os pontos, mostrando porque a participação crescente de renda e de riqueza indo para o topo tem prejudicado o crescimento eo emprego para todos, minando a nossa democracia; causado americanos a tornar-se cada vez mais cínico sobre a vida pública, e muitos americanos virou um contra o outro. Ele também explica por que as propostas do "direito regressivo" está absolutamente errado e fornece um roteiro claro do que deve ser feito. Aqui está um plano de ação para todos os que se preocupa com o futuro da América.

Clique aqui para mais informações ou para encomendar este livro na Amazon.


Isso muda tudo: ocupe Wall Street e o movimento 99%
por Sarah van Gelder e funcionários do SIM! Revista.

Isso muda tudo: Ocupe Wall Street e o Movimento 99% de Sarah van Gelder e equipe do YES! Revista.Isso muda tudo mostra como o movimento Occupy está mudando a maneira como as pessoas veem a si mesmas e ao mundo, o tipo de sociedade que acreditam ser possível e seu próprio envolvimento na criação de uma sociedade que trabalhe para o 99% em vez de apenas 1%. Tentativas de classificar esse movimento descentralizado e de rápida evolução levaram à confusão e percepção equivocada. Neste volume, os editores de SIM! Revista reunir vozes de dentro e de fora dos protestos para transmitir as questões, possibilidades e personalidades associadas ao movimento Occupy Wall Street. Este livro apresenta contribuições de Naomi Klein, David Korten, Rebecca Solnit, Ralph Nader e outros, além de ativistas do Occupy que estavam lá desde o início.

Clique aqui para mais informações e / ou para encomendar este livro na Amazon.



Você pode gostar

EMPODERAMENTO PESSOAL

O que a nova ciência da autenticidade diz sobre descobrir seu verdadeiro eu
by Matthew Baldwin, Universidade da Flórida
Em um mundo que está em constante mudança, pode ser um desafio encontrar o seu eu autêntico. Mas o…
Suas expectativas de felicidade estão impedindo você de ser feliz?
by James D. Baird
Sua felicidade, ou a falta dela, depende muito de suas expectativas. Se você acredita que apenas um ...
Por que você deve agradecer ao seu passado
by Alisson Clark, Universidade da Flórida
Ao contrário da gratidão para com os outros, ser grato por nós mesmos traz um benefício adicional de verdadeiramente ...
Por que você deve fazer um tolo de si mesmo pelo menos uma vez por dia
by Pam Grout
Quantas vezes você teve uma boa ideia apenas para mantê-la para si mesmo, por medo de parecer um ...

Viver em harmonia

Como as bactérias intestinais estão ligadas às habilidades motoras no Parkinson
by Lori Dajose, Instituto de Tecnologia da Califórnia
Os cientistas descobriram pela primeira vez uma ligação funcional entre as bactérias nos intestinos ...
Mais é menos: Organize a bagunça e se livrar da desordem
by Xorin Balbes
A desordem está nos deixando loucos, e não apenas porque não conseguimos encontrar nada - porque cada pedacinho de ...
Como controlar ratos e camundongos invasores
by Robert Davis, Universidade Edith Cowan
Enquanto escrevo este artigo, um borrão peludo de um roedor acaba de correr pela sala e sob o…
O relógio interno do seu corpo dita quando você come, dorme
by Shogo Sato, Texas A&M University
Qualquer pessoa que tenha sofrido de jet lag ou tenha lutado depois de adiantar ou voltar o relógio uma hora…

CONSCIÊNCIA SOCIAL

Como castores e ostras estão ajudando a restaurar ecossistemas perdidos
by Daniel Merino e Nehal El-Hadi
Se você está olhando para florestas tropicais no Brasil, pastagens na Califórnia ou recifes de corais em…
4 Consequências do retorno do El Niño em 2023
by Paloma Trascasa-Castro
A cada dois a sete anos, o Oceano Pacífico equatorial fica até 3°C mais quente (o que conhecemos como El…
O que acontece com nossos dados quando não usamos mais uma rede de mídia social ou…
by Katie Mackinnon
A internet desempenha um papel central em nossas vidas. Eu - e muitos outros da minha idade - crescemos ao lado do…
Como os republicanos encobrem Martin Luther King
by Hajar Yazdiha
Janeiro é um mês que comemora uma memória mais sombria e recente do ataque de 6 de janeiro de 2021 a…

INSPIRAÇÃO DIÁRIA

Inspiração diária do InnerSelf: pratique coragem, ganhe confiança
by Peter Ruppert
2 de fevereiro de 2023 - Quanto mais demonstramos e praticamos coragem, mais ganhamos confiança.
Inspiração diária do InnerSelf: conte suas bênçãos
by Jude Bijou
1 de fevereiro de 2023 - É muito melhor apreciar o que hoje ou este momento oferece,…
Inspiração diária do InnerSelf: elevando minha consciência
by Alan Cohen
31 de janeiro de 2023 -- Cada momento em sua jornada terrena é uma expressão de sua…
Inspiração diária do InnerSelf: um minuto de cada vez
by Barbara Berger
30 de janeiro de 2023 - Um minuto de cada vez. Isso é tudo que você tem que fazer.

A COMPREENSÃO

vivendo além da esperança 1 8

Como viver além da esperança e do desespero

Robert Jennings, InnerSelf.com
Como Economizar Fazendo Pedidos Online
by Robert Jennings, InnerSelf.com
A maioria das pessoas sabe que os preços mudam. No entanto, eu me pergunto se as pessoas estão cientes de quantas vezes eles…
Seu otimismo está derrotando você?
by Robert Jennings, InnerSelf.com
Se formos deixados à mercê de nossos caprichos, seremos guiados principalmente por nossos preconceitos e temos muitos deles. Aquele que a maioria…
Você está sendo enganado e distraído?
by Robert Jennings, InnerSelf.com
Vivemos em uma era repleta de polarização política, desacordo e raiva uns dos outros. Isso é…
Quão vulnerável você é a violações de dados?
by Robert Jennings, InnerSelf.com
Por muitos anos, eu pessoalmente nunca tive que lidar com as consequências de uma violação de dados.

MAIS LEIA

Como falar com alguém sobre teorias da conspiração em cinco…
by Daniel Jolley, Karen Douglas e Mathew Marques
O primeiro instinto das pessoas ao se envolver com crentes em conspirações é…
A população da China e do mundo agora diminui
by Xiujian Peng
O Bureau Nacional de Estatísticas da China confirmou o que os pesquisadores…
Os benefícios da antiga prática de Yoga para o corpo e…
by Herpreet Thin
A ioga é agora uma atividade popular nos EUA e é comumente…
Como os republicanos encobrem Martin Luther King
by Hajar Yazdiha
Janeiro é um mês que comemora uma memória mais sombria e recente de…
O que acontece com nossos dados quando não usamos mais uma rede social…
by Katie Mackinnon
A internet desempenha um papel central em nossas vidas. Eu - e muitos outros...
Resfriados, gripes e COVID: como a dieta e o estilo de vida podem melhorar sua…
by Samuel J. White e Philippe B. Wilson
Há muitas coisas que podemos fazer para apoiar nosso sistema imunológico e até…
Como podemos ser os melhores pais que podemos ser?
by Rabino Wayne Dosick
Somos nós que fazemos as escolhas e transmitimos as lições – por palavra…
Bem-vindo ao Ano do Coelho ou do Gato, Dependendo…
by Megan Bryson
Em 22 de janeiro de 2023, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo receberão…
Saúde mental: nem sempre é bom falar
by Dan Degerman
O silêncio na doença mental vem de várias formas.

Novas atitudes - Novas possibilidades

InnerSelf.comClimateImpactNews.com | InnerPower.net
MightyNatural.com | WholisticPolitics. com | Innerself Mercado
Copyright © 1985 - 2021 innerself Publications. Todos os direitos reservados.