Livros favoritos 7 para se conectar com seu Preschooler

Livros favoritos 7 para se conectar com seu Preschooler
Seja em ambientes fechados ou ao ar livre, a construção de um espaço criativo improvisado para compartilhar a alegria dos livros cria uma base para o início da alfabetização. (ShutterStock)

O dia de uma criança em idade pré-escolar é um mundo de aventura alimentado por uma imaginação desenfreada. Despertados pela curiosidade, eles partiram para descobrir tudo e qualquer coisa nova enquanto compartilhando sobre suas descobertas. O aprendizado de crianças pequenas se desenvolve através da criação e teste de teorias continuamente. É um trabalho emocionante!

Quando adultos observe as ideias e teorias das crianças, bem como nomeie e construa o vocabulário das crianças através de conversas, ou quando encorajam as crianças a fazer conexões a experiências anteriores enquanto eles lêem juntos, eles ajudam nutrir atitudes positivas em relação à alfabetização.

Para aqueles momentos de desaceleração quando você, como cuidador de uma criança, está procurando maneiras de modelar e desfrutar de alfabetização juntos, uma idéia amiga do custo é criar um recanto ou um ninho (interno ou externo) para leitura. Seu ninho de livros pode ser tão simples quanto juntar uma folha, alguns pregadores de roupa, as almofadas do sofá e algumas cadeiras.

Peças soltas jogar

Qual é a fonte de toda a emoção? Quando a criança, com você ao lado, pode usar esses itens projetar uma pequena tenda ou ninho de almofada, eles são espaços de engenharia de seus próprios. A criança está experimentando o que os especialistas em desenvolvimento infantil ligue para peças soltas: através da manipulação de partes livres e soltas, as crianças gostam de se tornar arquitetos de espaços que compartilham.

Com peças soltas, os itens podem ser usados ​​de várias maneiras para projetar, criar e testar protótipos. Cada ponto peg e travesseiro tombado oferecerá cenários de solução de problemas que exigem soluções. E não esqueçamos que, com alguns travesseiros e cobertores macios dentro, surge a oportunidade para o cuidador se deitar e relaxar!

Em seguida, considere ter seu filho preencher uma antiga caixa de cereais, cesto ou sacola de pano cheia de seus livros favoritos para explorar em seu espaço recém-projetado.

Livros para o seu espaço acolhedor

Estes sete títulos estão cheios de aventura e merecem uma olhada na sua biblioteca local. Você pode achar que seu filho pede para ler livros favoritos repetidamente, celebrando o alegria de ler!


Receba as últimas notícias do InnerSelf


1. Coelho knuffle

parentalidade
Coelho knuffle por Mo Willems (2005, Walker Books Ltd.)

Livros ilustrados com personagens humanos oferecer oportunidades para explorar o comportamento pró-social. em Coelho knufflea viagem de uma família até a lavanderia leva ao mapeamento do bairro e à exploração de como os rostos e a linguagem corporal expressam como as pessoas se sentem. Na paisagem da rua, seu filho pode reconhecer o que os educadores da primeira infância falam como impressão ambiental - sinais, etiquetas e logotipos visível em nosso mundo cotidiano. A curiosidade precoce das crianças sobre o texto e os sinais ao seu redor faz parte de uma primeira etapa da leitura da consciência. Eles começarão a ler a impressão ambiental ao reconhecer formas, cores, números e letras.


2. Não é uma caixa

parentalidade
Não é uma caixa por Antoinette Portis (2006, HarperCollins)

As crianças vêem a beleza nos itens que os adultos podem descartar. Em um momento em que é necessário incentivar a sustentabilidade ambiental e os entendimentos ecológicos, o que nos impede de desacelerar e oferecer alguns materiais de outra maneira recicláveis ​​como caixas e outros materiais encontrados para se tornarem robôs, varinhas, fantoches, tendas e teatros? Não é uma caixa convida a prever o que vem por aí e a entrar em sintonia com cada página, conforme seu filho imagina "Não é uma caixa, é uma ..."


3. Perdido na floresta

parentalidade
Perdido na floresta por Carl R. Sams II e Jean Stoick (2005, fotografia de Carl R. Sams II)

As crianças podem se imaginar em outros lugares e espaços provocados por ilustrações ricas em livros ilustrados. Perdido na floresta leva você a uma viagem imaginária ao ar livre e é uma história perfeita para desencadear conexões e perguntas sobre o mundo natural. Você pode até imaginar que está acampando em sua barraca de leitura!


4. Meu coração se enche de felicidade

parentalidade
Meu coração se enche de felicidade por Monique Gray Smith (2018, Editores de Livros Orca)

Este livro, de autor de Cree, Lakota e ascendência escocesa, é também disponível em uma edição bilíngue do Plains Cree, Ni Sâkaskineh Mîyawâten Niteh Ohcih traduzido por Mary Cardinal Collins. Ele oferece uma oportunidade maravilhosa para falar sobre as emoções, uma vez que explora o conceito do que faz as pessoas felizes e como as pessoas expressam alegria de maneiras diferentes. O autor narra momentos como o cheiro de bannock quente, oferecendo oportunidades para discutir aspectos distintos das culturas ou histórias indígenas, bem como as semelhanças que crianças e famílias compartilham.


5. Mudanças, Mudanças

parentalidade
Alterações, Alterações bPat Pat Hutchins (1971, Aladdin)

Um livro intemporal e sem palavras Mudanças, Mudanças convida as crianças a explorar como os blocos de construção e as pequenas figuras podem ser usadas para contar histórias sem fim. Cada página convida a discussão e cria oportunidades para resolução de problemas, desenvolvimento de linguagem, criatividade, matemática e muito mais. Adicione alguns blocos ao recanto de leitura para recontar uma história, recriar as ilustrações ou criar novos designs!


6. Cinco macaquinhos pulando na cama

parentalidade
Cinco macacos pequenos por Eileen Christelow (1989, Clarion Books)

Livros que convidam crianças a cante, dance e faça ações com canções de infância favoritas ou cantos são sempre populares. Com Cinco macaquinhos pulando na camatalvez a tenda de leitura prepare o palco para uma performance improvisada que entretém uma audiência amigável e apreciativa.


7. Se você segurar uma semente

parentalidade
Se você segurar uma semente de Elly MacKay (2013, Running Press Kids)

A jornada de uma semente através das estações ganha vida nesta história cíclica que começa com uma criança pequena desejando uma semente. O texto e ilustrações em Se você segurar uma semente vai desencadear discussões pensativas sobre esperanças, sonhos, maravilhas e desejos.

Um ninho de leitura, alguns livros favoritos e uma pitada de risadinhas: uma receita certa para cozinhar um amor saudável de leitura, com momentos de pura alegria ao lado.A Conversação

Sobre os Autores

Lotje Hives, pesquisador colaborador, instrutor de meio período, Schulich School of Education, Universidade Nipissing e Tara-Lynn Scheffel, Professor Associado da Escola Schulich de Educação, Universidade Nipissing

Este artigo foi republicado a partir de A Conversação sob uma licença Creative Commons. Leia o artigo original.

enafarzh-CNzh-TWnltlfifrdehiiditjakomsnofaptruessvtrvi

siga InnerSelf on

facebook-icontwitter-iconrss-icon

Receba as últimas por e-mail

{Emailcloak = off}