Seguir estas regras estúpidas do 47 significa que você é "normal"

Seguir estas regras estúpidas do 47 significa que você é "normal"
Créditos das fotos: aprilzosia; Wikimedia. (cc 2.0)

Na famosa obra-prima de Lewis Carroll, "Alice através do espelho", há um diálogo entre o personagem principal e a rainha, que acaba de contar algo extraordinário.

- Eu não posso acreditar - diz Alice.

- Não pode acreditar? - a Rainha repete com uma expressão triste no rosto. - Tente novamente: respire fundo, feche os olhos e acredite.

Alice ri:

- Não adianta tentar. Apenas os tolos acreditam que coisas impossíveis podem acontecer.

- Eu acho que você precisa de um pouco de treinamento - responde a rainha. - Quando eu tinha a sua idade eu praticava pelo menos meia hora por dia, logo após o café da manhã, eu tentava muito difícil imaginar cinco ou seis coisas inacreditáveis ​​que pudessem cruzar meu caminho, e hoje vejo que a maioria das coisas que imaginei se tornou real, eu até me tornei uma rainha por causa disso.

A vida nos pergunta constantemente: “Acredite!”

Acreditar que um milagre pode acontecer a qualquer momento é necessário não apenas para nossa felicidade, mas também para nossa proteção, ou para justificar nossa existência. No mundo de hoje, muitas pessoas pensam que é impossível acabar com a miséria, construir uma sociedade justa e aliviar a tensão religiosa que parece piorar a cada dia.

A maioria das pessoas evita a luta por toda uma série de razões: conformismo, maturidade, o sentido do ridículo, o sentimento de impotência. Nós vemos a injustiça sendo feita ao próximo e permanecemos em silêncio. “Não estou me envolvendo em brigas por nada” é a explicação.

Essa é uma atitude covarde. Quem viaja por um caminho espiritual leva um código de honra a ser cumprido; a voz que é levantada contra o que é errado é sempre ouvida por Deus.

47 regras estúpidas que fazem você "normal"

Você deve ser normal se seguir estas regras estúpidas 47. Esta lista foi compilada por Igor, o personagem principal de "O vencedor está sozinho".

1] Acreditando que os sonhos são impossíveis.

2] Acreditar em tudo o que eles dizem sobre quem são seus "inimigos".

3] Passou anos na universidade e depois não conseguiu encontrar emprego.

4] Trabalhando das nove da manhã às cinco da tarde em algo que não nos dá o menor prazer, para que possamos nos aposentar depois dos anos 30.

5] Retirar-se apenas para descobrir que não temos mais energia para aproveitar a vida e depois morrer de tédio depois de alguns anos.

6] Usando Botox.


Receba as últimas notícias do InnerSelf


7] Tentando ser bem sucedido financeiramente em vez de buscar a felicidade.

8] Ridicular aqueles que buscam a felicidade em vez do dinheiro chamando-os de “pessoas sem ambição”.

9] Comparar objetos como carros, casas e roupas, e definir a vida de acordo com essas comparações, em vez de realmente tentar descobrir a verdadeira razão de estar vivo.

10] Não falando com estranhos. Dizendo coisas desagradáveis ​​sobre nossos vizinhos.

11] Pensando que os pais estão sempre certos.

12] Casar, ter filhos e ficar juntos mesmo que o amor tenha acabado, alegando que é para o bem das crianças (que não parecem estar ouvindo os argumentos constantes).

12ª] Criticando todos que tentam ser diferentes.

14] Acordando com um despertador histérico ao lado da cama.

15] Acreditando em tudo que é impresso.

16] Vestindo um pedaço de pano colorido enrolado no pescoço, conhecido pelo nome pomposo “gravata”.

17] Nunca faça perguntas diretas, mesmo que a outra pessoa entenda o que você quer saber.

18] Mantendo um sorriso no rosto quando você realmente quer chorar. E sentindo pena daqueles que mostram seus próprios sentimentos.

19] Pensar que a arte vale uma fortuna ou que não vale absolutamente nada.

20] Sempre desprezando o que foi facilmente ganho, porque o "sacrifício necessário" - e, portanto, também as qualidades necessárias - estão faltando.

21] Seguindo a moda, mesmo que tudo pareça ridículo e desconfortável.

22] Estar convencido de que todas as pessoas famosas têm muito dinheiro.

23] Investindo muito em beleza exterior e prestando pouca atenção à beleza interior.

24] Usando todos os meios possíveis para mostrar que, mesmo sendo uma pessoa normal, você é infinitamente superior a outros seres humanos.

25] Em qualquer tipo de transporte público, nunca olhando diretamente nos olhos dos outros passageiros, pois isso pode ser tomado para tentar seduzi-los.

26] Quando em um elevador, olhando diretamente para a porta e fingindo que você é a única pessoa dentro, por mais lotada que seja.

27] Nunca rindo alto em um restaurante, não importa o quão engraçada a história seja.

28] No hemisfério norte, sempre usando as roupas que combinam com a estação do ano: mangas curtas na primavera (por mais fria que seja) e uma jaqueta de lã no outono (não importa o quão quente ela seja).

29] No hemisfério sul, decorar a árvore de Natal com algodão, mesmo que o inverno não tenha nada a ver com o nascimento de Cristo.

30] À medida que você envelhece, pensa que é o homem mais sábio do mundo, embora nem sempre você tenha experiência de vida suficiente para saber o que está errado.

31] Indo para um evento de caridade e pensando que é o suficiente para acabar com todas as desigualdades sociais no mundo.

32] Comer três vezes ao dia, mesmo quando não está com fome.

33] Acreditando que os outros são sempre melhores em tudo: eles são mais bonitos, mais engenhosos, mais ricos e mais inteligentes. Como é muito arriscado se aventurar além de seus próprios limites, é melhor não fazer nada.

34] Usando o carro como uma maneira de se sentir poderoso e controlar o mundo.

35] Usando linguagem suja no tráfego.

36] Pensar que tudo o que seu filho faz de errado é culpa da empresa que ele ou ela está mantendo.

37] Casar com a primeira pessoa que oferece uma posição na sociedade. O amor pode esperar.

38] Sempre dizendo “Eu tentei”, mesmo que você não tenha tentado nada.

39] Colocando as coisas mais interessantes da vida até que você não tenha mais força para fazê-las.

40] Evitar a depressão com doses diárias massivas de programas de televisão.

41] Acreditando que é possível ter certeza de tudo que você ganhou.

42] Pensando que as mulheres não gostam de futebol e que os homens não gostam de decoração de interiores.

43] Culpando o governo por tudo de ruim que acontece.

44] Estar convencido de que ser uma pessoa boa, decente e respeitosa significa que os outros vão achá-lo fraco, vulnerável e fácil de manipular.

45] Estar convencido de que a agressividade e a descortesia em tratar os outros são sinais de uma personalidade poderosa.

46] Ter medo de fibroscopia (homens) e parto (mulheres).

47] E finalmente, pensando que a sua religião é o único proprietário da verdade absoluta, a mais importante, a melhor, e que os outros seres humanos neste imenso planeta que acreditam em qualquer outra manifestação de Deus estão condenados ao fogo do inferno .

Este artigo foi reimpresso, de
O site de Paulo Coelho, com gratidão.

Livro deste autor

Guerreiro da Luz: Um Manual de Paulo Coelho

Guerreiro da Luz: Um Manual
por Paulo Coelho.

O guerreiro da luz: um manual nos convida a viver nossos sonhos para abraçar a incerteza da vida e elevar-nos ao nosso próprio destino único. Em seu estilo inimitável, Paulo Coelho mostra aos leitores como embarcar no caminho do Guerreiro: aquele que aprecia o milagre de estar vivo, aquele que aceita o fracasso, e aquele cuja busca o leva a ser a pessoa que ele quer ser .

Clique aqui para mais informações e / ou para encomendar este livro na Amazon.

Sobre o autor

Paulo Coelho, autor do artigo: O Inimigo Interior: Governado pelo Medo e a Necessidade de SegurançaPaulo Coelho é autor de numerosos livros, dos quais o primeiro a se tornar um sucesso, O Alquimista passou a vender mais de 65 milhão de cópias, tornando-se um dos livros mais vendidos da história. Foi traduzido em mais de 70 línguas, o 71st ser maltês, vencendo o Guinness World Record para o livro mais traduzido por um autor vivo. Desde a publicação do O Alquimista, Paulo Coelho tem geralmente escrito um romance a cada dois anos, incluindo Pela margem do rio Piedra eu sentei e chorei, O Monte Cinco, Veronika Decide Morrer, O Demônio ea Srta Prym, Onze Minutos, Como o Rio Fluir, As Valkírias e A Bruxa de Portobello. Visite seu Web site em www.paulocoelho.com

enafarzh-CNzh-TWnltlfifrdehiiditjakomsnofaptruessvtrvi

siga InnerSelf on

facebook-icontwitter-iconrss-icon

Receba as últimas por e-mail

{Emailcloak = off}